terça-feira, 22 de setembro de 2009

maré

Vincent Van Gogh



às vezes me fico assim
barquinho na areia esperando
amormar
me lamber
me levar





[R.M.]

20 comentários:

A Moni. disse...

Cheguei aqui pelo "Doce de Lira" e adorei o seu barquinho na espera, desejos expostos e secretos...esperando apenas a onda certa...

Abraços!

marcia szajnbok disse...

ô coisa boa de se ficar...

betina moraes disse...

raul,

já criei leitura aqui no "Há Palavra",

já espero por um verso novo,

sempre venho procurar o resultado de sua letra.


a escolha da "van.." para ilustrar foi acertada e o verso delicado na medida de uma espera como a que descreveu. lindo!

grande abraço!

Marcos Satoru Kawanami disse...

à margem, sem voz na sociedade.

[ rod ] ® disse...

barquinho de paz... areia e sentimento de calmaria... abs.

há palavra disse...

Moni,

que boa chegada a tua!

Captou com extrema sensibilidade e traduziu em palavras próprias e apropriadas o ato da espera...

..."desejos expostos e secretos"...

Gostei muito!

Bons caminhos pra ti, tudibom!

há palavra disse...

Marcia,

a espera guarda uma delícia, sim!

Abraços, caminhos do bem e dos bons...

há palavra disse...

Betina,

acho que já somos meio que irmãos em letras - o que, para quem escreve, é como dizer "alma"...

O que um irmão diz pro outro? Os irmãos celebram sua irmandade se dizendo...

Eu te digo, viu?

Bons caminhos, sempre!

há palavra disse...

Marcos,

grato pela leitura...

Um outro olhar, um outro apre[e]nder - a nos dizer: o[s] sentido[s].

Bons caminhos...

há palavra disse...

Rod,

agradecido pela presença...

A brisa à beira mar suaviza a espera...

Abraço!

Renata de Aragão Lopes disse...

Tela e poema
LINDOS!

E que bom
leitores do Doce de lira
virem até aqui! : )
Intercâmbio delicioso.

Um beijo.

Nydia Bonetti disse...

Somos estes barquinhos... Que bonito Raul. Beijos

José Carlos Brandão disse...

Às vezes sou um barquinho
de borco na areia da praia.
Os raios do sol me lambem,
as ondas do mar me levam.

Abraços.

há palavra disse...

Olá, Renata:

van Gogh sempre foi dos meus preferidos, esses barquinhos à beira mar me acompanham há tempos... Já são quase meus também!

As boas conexões são sempre enriquecedoras...

Abraços, bons caminhos...

há palavra disse...

Nydia,

somos esses barquinhos sim - e também o mar...

Abraços, bons caminhos no bem e dos bons...

há palavra disse...

José Carlos,

grato pela parceria espontânea... o mar banha todas as praias!

Abraços, bons caminhos, sempre...

líria porto disse...

muitos caminhos me conduziram até aqui - e gostei dos teus versos!

Simone Gois :) CotidiAmo disse...

muito especial...
abraço

Aurilene Costa disse...

Me lamber
me lavar
me levar...´
é puro, simples e chega a ser sensual.

Aurilene Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.