quarta-feira, 29 de agosto de 2012

haicai aos 51



manhã, café, pão:
passam-se a manteiga
e um ano mais.




[r.m.]

+

imagem
Raul Motta; sem título; nanquim a peincel sobre papel; 29 de agosto de 2012

26 comentários:

Clarice Villac disse...

.
no aniversário
o sorriso do poeta –
'Que dia bonito!'
.

:~)
Parabéns, Raul !
Felicidades infinitas !

Arnoldo Pimentel disse...

Assim segue a vida.

Unknown disse...

Que ainda existam muitos outros anos com sua existência repleta de saúde e paz!

há palavra disse...

Grato, Clariceamiga!
Bons caminhos!

há palavra disse...

Arnoldo,

é isso: segue... e é nóis com ela!

Abraços, bons caminhos...

há palavra disse...

Grato, poetamigo Cristiano!

Saúde e paz pra todos nós...

Abraços e bons caminhos!

Nadine Granad disse...

Parabéns!!! =)

há palavra disse...

Nadine,

grato pela presença!

Abraços e bons caminhos pra ti...

Lucas Holanda disse...

A vida é isto!
abraços

há palavra disse...

Grato, Lucas!

A vida é isto, não é a quilo...

Abraços, bons caminhos pra ti!

Fred Caju disse...

Longevidade!

há palavra disse...

Grato, Fred!
Vida que segue :) ...

Alice disse...

É a refeição que faço por obrigação, quase não gosto desses dias. Mas que seja feliz vida pra você, Raul.

Beijos

há palavra disse...

Alice,
grato pela presença e palavras... bons caminhos!

Dolce Vita disse...

Tudo de bom, Raul. Bjs

há palavra disse...

Grato, Dolce!
E bons caminhos...

o refúgio disse...

Eita moço, mais uma primavera, maravilha!
51, bonita idade!
Muita luz, saúde, amor com a poesia e a arte que fazes tão bem!
Feliz aniversário!
(Cheguei um tanto atrasada...)

Beijos

Cynthia Lopes disse...

Café com pão
Café com pão
Café com pão
Virge maria que foi isso maquinista?
Agora sim
Café com pão
Agora sim
Voa, fumaça
Corre, cerca
Ai seu foguista
Bota fogo
Na fornalha
Que eu preciso
Muita força
Muita força
Muita força

(Manuel Bandeira)

Adoro, feliz 51 poeta! bjs

há palavra disse...

Grato, Sandra!
Não tem essa de atraso, abraço não tem prazo de validade :)
Bons caminhos!

há palavra disse...

Cynthia,
esta poesia do Manuel Bandeira foi a primeira a me marcar, ainda no curso primário!
Acertaste em cheio...
Grato pela presença, bons caminhos...

Gaby Soncini disse...

Raul uma pena ter chegado agora tão atrasada, mas parabéns sempre ^^

Felicidades e muitos outros versos para ti, todos os anos.

Beijos!

há palavra disse...

Gaby,

até o próximo aniversário os abraços ainda estarão dentro do prazo de validade :)

Grato pela presença, bons caminhos para ti!

Lucas Holanda disse...

Olá, Raul,
tá rolando um concurso de poesia pelo twitter, acho q vc deveria participar:
http://www.fliporto.net/fliporto2012/noticias-2/3o-premio-toc140-ultimos-dias-para-inscricoes/

abraço

há palavra disse...

Lucas,
grato pelo aviso!
Gosto de poemas curtos, então acho que tudo a ver... Só não tenho conta no Twitter, mas vou ver o regulamento e, se for preciso, crio uma :)
Abraços, bons caminhos!

lis disse...

Gosto do formato, são delicados curtinhos e dizem tudo,
muito bom,
pena a desatualização,rs
Bom Natal
* vi sua entrada em seguidores e imitei _ seguindo-o...

há palavra disse...

Lis,

grato pela presença e comentário - e, principalmente, pelo estímulo, em breve estarei de volta...

Abraços, bons caminhos!