domingo, 3 de maio de 2009

Samson Flexor, um poema

Samson Flexor; "Bípede com Elementos Geométricos";
aquarela, 1970
.

para guardar as recordações dos devaneios fugazes
recordações
que não se dizem
que não se ouvem
que não se tocam
mas
que são presenças visíveis
nas aguadas coloridas
nas cores aguadas nas opacidades
e nas transparências
no papel enobrecido
e promovido à luz
assim nasceu o universo silencioso de minhas aquarelas
hoje
não é mais um meio
mas uma
finalidade em si
não são mais recordações
mas sim uma realidade
um ser
o milagre de andar na superfície das águas sem afundar


Samson Flexor
[1907-1971]

texto extraído da exposição "Samson Flexor - aquarelas e desenhos"
Instituto Moreira Salles - Gávea - Rio/RJ
Sobre o artista: