sábado, 6 de agosto de 2011

leve me

amor
é meio
aula e recreio





[R.M]
para Chris V.
+
imagem
René Magritte; La Bataille de l'Argonne, 1959



11 comentários:

Alice disse...

Adorei! :)

Raul Motta disse...

Grato, Alice!

Bons [e leves] caminhos pra ti...

Renato Couto disse...

A economia,
na poesia
também é genial.

Cores da Crise de meia idade! disse...

Assim é!

valeria soares disse...

E tem que ser na medida certa!

Lindo!

Raul Motta disse...

Grande Renato!

Prazer receber tua visita por aqui!

E grato pelo comentário, que remete às teorias dos construtivistas russos, que eu saiba os primeiros a postular a economia como um dos princípios basilares da criação artística.

Abraços e bons caminhos pra ti!

Raul Motta disse...

é de fato
em meio ao mundo
talvez... quem sabe...
minha única certeza!

.

abs.!

Raul Motta disse...

Valériamiga,

na medida [do possível] certa... rs...

Abraços, bons caminhos pra ti!

Eliz'Ane disse...

Um (en)canto!

Raul Motta disse...

Grato, Eliz'Ane!
Enquanto houver encanto, tudo valerá a pena...
Abraços, bons caminhos...

Christiane Valente disse...

hum-m-m-m
hum hum
hum-m-m-m
m
hum-m-m-m
hum-m
hum-m-m-m
h