segunda-feira, 9 de julho de 2012

E[M/N]CARNE

"E[M/N]CARNE"; projeto para lambe-lambe


.

10 comentários:

Cristiano Marcell disse...

Sensacional!Sensacional!Sensacional!Sensacional!Sensacional!Sensacional!Sensacional!Sensacional!Sensacional!

Raul Motta disse...

Cristiano,

grato pelo entusiasmo !

Um comentário assim é o sonho de todo poeta...

Abraços, bons caminhos!

Nadine Granad disse...

Aplausos...
... e seu microconto: espeta(se)cular!!!


Beijos =)

marlene edir severino disse...

Tento ficar presente
no instante.

(será isso?)

Gostei muito!

Raul Motta disse...

Nadine,

grato pela presença!

Abraços, bons caminhos pra ti...

Raul Motta disse...

Marlene,

acolho tua sensível leitura - a gente escreve mesmo pra conversar!

Abraço, grato pela presença!

Daniela Delias disse...

Vivemos.

Bjo, Raul!

;)

Raul Motta disse...

Vivemos...

Grato, Daniela!

Abraços, bons caminhos...

sandra camurça disse...

viva em carne viva...
lembrou Maiakovski,

“Ó delicados!
Vós que pousais o amor sobre ternos violinos
ou, brutos, que o pousais sobre os metais!
Vós outros não podeis fazer como eu,
virar-vos do avesso
…e ser todo lábios.”

Abraços!

Raul Motta disse...

Sandra,

Maiakovski é um dos meus prediletos, mas este eu ainda não conhecia...

Grato pela presença sempre bem vinda!

Abraços, bons caminhos...