sábado, 1 de outubro de 2011

todo parte




toda parte
é parte
do todo
todo todo
faz parte
de tudo



[r.m.]

8 comentários:

sandra camurça disse...

o universo numa casca de noz...

Raul Motta disse...

seria possível
o universo
num único verso?

Abraços!

sandra camurça disse...

o universo faz parte de tudo
um verso é tudo
logo o universo cabe num verso

gostou da premissa? rsrs...
besito!

PS: surgiu na verificação de palavras a palavra "motioned". "motion" é movimento... :)

Raul Motta disse...

Premissa mais que válida - valeu!

Quanto à "verficação d epalavras"... não sei se entendi - que mecanismo é esse?

Abraços, bons caminhos...

sandra camurça disse...

A "verificação de palavras" surge na janela de comentários de alguns blogs. São letras soltas que às vezes formam palavras, ou indicam uma palavra, ou contêm palavras. Antes do leitor publicar o comentário, tem que colocar essas letras no espaço indicado.

Agora surgiu "trolowi", rs... me divirto com as palavras que se formam. Certa vez escrevi um poema que tinha a palavra "brisa", e um leitor disse que na verificação de palavras tinha surgido "brisin". Coisas do acaso...

Abraço :)

Raul Motta disse...

Ah! Entendi agora!

É verdade, comigo também às vezes o cojunto de letras que devem ser digitadas remetem/se parecem com alguma palavra existente, mas nunca vivi uma coincidêndência de sentidos desse nível...

"Motioned", realmente, tudo a ver!

Escrever um poema só com estas palavras seria uma releitura cibernética do acaso dada / surrealista!

Abraços!

Renata de Aragão Lopes disse...

uni-Verso

abraço,
Doce de Lira

Raul Motta disse...

Renata,

espaço infinito, esse!

Abraços, grato pela presença e diálogo!